quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Texto #3



"Trabalhar, estudar, estudar... Muitas coisas que eu preciso fazer e que se tornaram cansativas para mim, voltar a mesma rotina de sempre, a mesmice de sempre... Tão monótono.
Eu não consigo ter um tempo livre, eu não consigo ter um tempo para mim, as coisas estão se tornando complicadas momentaneamente.
Aquele vazio que se consome no meu coração e a vontade de ficar em casa, no meu quarto, no meu mundo.
Eu nem sei porque me atrevo a sair, eu sei, eu prometi, mas o que eu posso fazer se ninguém me dá valor?
Eu me sinto invisível nesse mundo, poucos me enxergam e os que enxergam não vêem minha essência, o que faz ser eu.
Acho que tudo o que eu enfrento, o que faço tem sido um avanço... Como por exemplo, parar de chorar por coisas sem importância ou me importar com coisas que não merecem minha atenção.
Mas mesmo assim se torna difícil sair...
Quando se cria um mundo dentro de nós, ele é uma utopia, algo incrível.
Só que a realidade tende a destruir... Mesmo cansada eu estou aqui escrevendo para desabafar meus sentimentos, eu só confio aqui para descrever o que eu sinto.
E apesar de tudo, mesmo que tudo pareça horrível e que me dê vontade de chorar...
Eu vou sorrir...
Sorrir é a solução...
Assim não deixarei nenhuma lágrima cair...
Assim terei motivação..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário